Participação da TICPE no VII Seminário Redes

A Linha TICPE marcou sua presença no VII Seminário Internacional As Redes Educativas e as Tecnologias: transformações e subversões na atualidade, organizado pela Faculdade de Educação da UERJ e realizado entre 3 e 6 de junho no Rio de Janeiro. Nossos representantes foram a mestranda Florência Ebeling e sua orientadora Estrella Bohadana, e Regina Oliveira de Almeida (minha doutoranda).

Transcrevo, a seguir, os resumos dos trabalho apresentados.

FACEBOOK NO ENSINO SUPERIOR: TRANSGRESSÃO E TRANSFORMAÇÃO
Florencia Cruz da Rocha Ebeling
Estrella Bohadana

Este artigo apresenta os resultados parciais da pesquisa desenvolvida utilizando o Facebook, com o objetivo de verificar a possibilidade do uso dessa rede social como apoio ao ensino presencial, realizada com alunos do 3º período do Curso de Pedagogia do Centro Universitário de Barra Mansa – UBM. A pesquisa de natureza qualitativa foi conduzida por meio de uma pesquisa-ação, constituída de três passos: primeiro, foi conduzido um estudo exploratório utilizando questionário para estabelecer o perfil dos alunos, no que diz respeito principalmente ao uso do computador e da rede social em questão. Em seguida, iniciaram-se as postagens, no Facebook, de conteúdos relacionados à disciplina, de forma ainda não sistemática, buscando observar o comportamento (postagens e comentários) dos alunos no ambiente virtual. Ao final, foi aplicado um novo questionário com o objetivo de colher as opiniões dos alunos sobre a experiência na rede social e na disciplina Didática e Tecnologia. Verificamos que, utilizado como apoio ao ensino presencial, o Facebook torna-se um meio estimulante, acolhedor e eficiente, proporcionando oportunidades para a criação de um ambiente prazeroso, baseado em cooperação e colaboração.

PRODUTIVIDADE CIENTÍFICA SOBRE COMPETÊNCIA INFORMACIONAL NOS PERIÓDICOS QUALIS A1, A2, B1 E B2
Regina Oliveira de Almeida

As fontes de informação eletrônicas disponíveis proliferaram nas universidades e demais instituições de pesquisa, fazendo com que os usuários alarguem as suas possibilidades de uso, mas também possam se tornar confusos dentro de um cenário de aprendizado que exige competências e habilidades específicas para a busca e acesso em fontes consideradas adequadas e confiáveis no ambiente acadêmico. A crescente demanda por pesquisas na web requer que o bibliotecário tenha o perfil de gestor da informação e do conhecimento, capaz de utilizar eficaz e criativamente o conhecimento disponível nos sistemas informatizados. Dessa forma, é imprescindível à comunidade universitária aprender a usar o melhor possível as tecnologias de informação e comunicação (TIC) e as fontes de informação na realização de suas atividades, adquirindo competência informacional. Há diferentes maneiras de se avaliar a produção científica, sendo a publicação de artigos, por parte dos pesquisadores, um resultado de grande visibilidade. No Brasil, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) conduz o processo de avaliação, através de indicadores quantitativos e qualitativos, dos quais se destaca o processo de avaliação de qualidade das revistas publicadas: Qualis Periódicos. Este estudo buscou verificar, considerando a produção cientifica nacional de publicações em periódicos, qual o estágio de visibilidade do tema, competência informacional, no Brasil.

Leave your comments - Deixe seus comentários!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s