Estrella Bohadana – uma pequena homenagem

A semana que passou foi marcada por profunda tristeza para nós no PPGE/UNESA e na TICPE, em particular: como já saberão amigos e colegas mais próximos, deixou-nos nossa querida Profa. Estrella Bohadana, que sucumbiu a uma doença implacável após um período relativamente breve de intensa luta.

A Estrella que conheci era cheia de otimismo e esperança (“excesso de serotonina”, dizia, às vezes, brincando), uma presença forte mas sempre enormemente delicada. Seu olhar era carinhoso e acolhedor mesmo quando se sugeria, nunca perdendo a leveza, desafiadoramente inquisitivo, em silenciosa demanda por maior reflexão, crítica e diálogo.

Circulava em múltiplos universos – da militância política à arte e à academia, apoiava, sempre, a liberdade, a criação e a beleza, tanto na tradição quanto na novidade. Ficará não somente nas histórias das muitas vidas que se entrelaçaram com a sua, mas, também, na história do país. Em 2014, deu seu testemunho na Comissão da Verdade e participou da série Mulheres em Lutarelatando suas duras e difíceis experiências com a delicadeza, generosidade e esperança que lhe eram características.

Estrella-Bohadana-1024x576

(ou clique aqui: Estrella Bohadana – testemunho)

No trabalho, tive a honra de estar com ela em sala de aula, onde encantava a todos com suas ricas e belíssimas falas, não somente fundamentadas em seus vastos conhecimentos da Filosofia, mas, principalmente, possibilitadas por sua enorme capacidade de, “simplesmente”, ouvir. Para mim, seus olhos diziam que, enquanto ouvia, articulava, silenciosamente, questionamentos sobre o dito “senso comum” e sobre ideias acriticamente pré-concebidas, mas escolhia cuidadosamente o momento e as palavras para verbalizar o que silêncio já indicava.

Fora do trabalho, compartilhamos alegrias e tristezas, sonhos e preocupações, acordos e desacordos. Sentirei falta de sua presença em minha casa, à minha mesa, que preparava com muito carinho para corresponder às suas preferências. Sentirei falta de compartilhar com ela ideias, cores, aromas e sons, como sentiremos falta, na TICPE, de sua presença sempre calma, conciliadora e consistentemente honesta.

Foi-se uma colega de trabalho, companheira de aventuras acadêmicas e amiga. Deixou um vazio nas vidas que tocou – colegas, amigos, alunos e familiares – mas deixou lembranças e exemplos preciosos de superação, solidariedade e, para mim, acima de tudo, delicadeza e generosidade.

Que estejas em paz, querida, cercada de luz e muito amor.

amatista-2-300x225

4 comentários

  1. Querida Giselle : Comovi-me muitíssimo com seu depoimento. Eu fui aluna da Profª Estrella e devo, sem exagero algum, minha vida a ela, que me ensinou a superar meus problemas e me tornar a professora querida e respeitada que sou hoje.Também prestei minha singela homenagem criando um site para ela que denominei “Cantinho da Estrella”. Esse nome me veio à memória devido à plaquinha que ela mandou gravar e colocou no seu escritório caseiro que eu tive o prazer e a honra de ser convidada a frequentar quando ela foi minha orientadora, de 2004 até ao ao final de 2005. O link é http://www.cantinhodaestrella.vai.la. Espero que vc curta, divulgue e aprecie também. Um forte e fraterno abraço de sua colega de profissão e herdeira como vc da chama que brilha em nossos corações e nos guiará para sempre com seu exemplo de vida e luta.
    Profª Vera Dias

  2. Giselle
    Linda homenagem e merecida.
    Embora nao tivesse contato tao direto nutro uma grande admiracao pelo trabalho por ela desenvolvido.
    Sua imagem esta muito vivida para todos nos.i

Leave your comments - Deixe seus comentários!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s