Celebração

4 anos de “Diálogos”!

2603314210_0e387707dd_bNosso blog completa hoje 4 anos no ar!

Abrimos o espaço em 17 de dezembro de 2012 para lançar, em seguida, o primeiro volume de nossa série de coletâneas Educação e tecnologia: parcerias

Em 4 anos, a linha TICPE mudou muito de várias formas. Em termos de componentes, permanecemos eu e o Prof. Márcio Lemgruber, desligaram-se os professores Marco SilvaAlberto Tornaghiaposentou-se a Profa. Lúcia Vilarinho, e o Prof. Alexandre Rosado foi aprovado em concurso público para o INES/DESU, onde agora coordena, com a Profa. Cristiane Taveira, o Grupo de Pesquisas Educação, Mídias e Comunidade Surda, e de onde colabora muito fortemente conosco. Resta ainda muita tristeza pela perda irremediável de nossa colega e amiga Estrella Bohadana, que era a mais antiga integrante do grupo.

Uma alteração (18/12/16): ficou parecendo que tivemos apenas baixas na TICPE! Não mesmo – tivemos, também, duas excelentes “aquisições”: em 2013.2, a Profa. Stella Pedrosa juntou-se a nós, e, em 2015.2, a Profa. Jaciara de Sá Carvalho ingressou na linha. Estamos todos aqui!

Ainda que em meio a tantas mudanças e perdas, conseguimos estabelecer boas parcerias interna e externamente, mantendo sempre um ambiente de trabalho produtivo no qual tentamos equilibrar desafio (a parte acadêmica) e acolhida (a parte humana) entre nós e no trato com nossos alunos. Penso que, aos poucos, o blog foi sendo construído de modo a refletir essa construção coletiva do grupo.

Ao longo desses 4 anos, tivemos mais de 25 mil visitas oriundas de múltiplos países, bem como numerosos downloads do material que aqui disponibilizamos, como as várias traduções que tenho preparado. Em especial, o último volume em nossa série de e-books Educação e tecnologia: parcerias alcançou quase 1000 downloads desde a publicação em meados de novembro de 2015.

Assim, estamos fechando o quadriênio (também no sentido “capesiano” do termo – 2013-2016 forma o período de avaliação pela Capes de todos os programas de pós-graduação do país) com a certeza de que temos contribuído ativamente para a discussão mais ampla acerca da Educação e Tecnologia. Em especial, temos, digamos, “aumentado a temperatura” em termos de propor, com destaque cada vez maior, linhas de questionamento crítico em nossas disciplinas, pesquisas e orientações, para encorajar nossos alunos, que normalmente nos trazem problemas de prática do tipo “como usar tal artefato na minha prática/local de trabalho?”, a pensar como acadêmicos e olhar para além da superfície de discursos exacerbadamente otimistas, hegemônicos nas mídias e em parte da literatura acadêmica.

Fica, agora, uma boa recordação: uma foto do grupo presente em nossa confraternização de final de ano, após nossa última Prática de Pesquisa (disciplina do PPGE/UNESA que objetiva envolver todos os alunos em atividades rotineiras de pesquisa – de mestrandos ingressantes no programa até pós-doutores), realizada em 08/12/2016. Naquele dia, assistimos um episódio da (comentadíssima) série Black Mirror – “Queda livre” (o primeiro da terceira temporada – veja que, no link, há spoilers) – como elemento disparador de uma discussão sobre possíveis rumos trazidos pelo uso de plataformas de redes sociais e rating, contando com a presença do Prof. Alexandre (o fotógrafo, naquele momento).

Fique por aqui – daqui a alguns minutos, publicarei a primeira tradução prometida ontem!

 

img_20161208_152416415_hdr

Professores e (alguns) alunos da TICPE em dezembro de 2016

Crédito da imagem: Birthday star, de Existentist

Boas-vindas aos novos mestrandos

Queremos compartilhamos com vocês, leitores, a alegria de receber os novos mestrandos vinculados à linha TICPE que vêm somar o corpo de alunos do nosso Programa. Na última quinta-feira (3/3/16), o Prof. Tarso Mazzotti, coordenador do Programa, professores e equipe técnica participaram da recepção dos ingressantes, além dos antigos estudantes. Os (agora) colegas aproveitaram a oportunidade para fornecerem dicas e tentarem expressar esse novo momento de vida que se inicia.

Nossas boas-vindas à Catarina Renice e Rita Martins – orientandas da Profª Jaciara de Sá Carvalho; Aline Mattos e Kauan Pessanha – Profª Stella Pedrosa; Adalberto Rocha, Gracinda Creco e Adriana Simões – da Profª Giselle Ferreira, coordenadora da linha TICPE.

Sejamos todos felizes nesse percurso, estimulante para todos nós!

PS: Aproveitamos para informar que o próximo processo de seleção para o mestrado e o doutorado do Programa deverá ser realizado em meados de junho deste ano.

e-Book Educação e tecnologia: parcerias. Volume 4 – publicado!

Capa Educação e Tecnologias Parcerias vol 4 - proposta 6.5Anunciamos, com muita alegria, a publicação de nosso e-book anual, Educação e tecnologia: parcerias. Volume 4. A coletânea deste ano inclui 9 capítulos que, utilizando uma variedade de abordagens teórico-metodológicas, focalizam temáticas “de ponta” no universo de interlace entre as tecnologias, principalmente as digitais, e a educação.

Seguimos o mesmo processo estabelecido na preparação do volume anterior: um esquema de avaliação cega por pares fundamentando a seleção de trabalhos dentre as propostas enviadas em resposta à nossa chamada aberta. O Prof. Alexandre Rosado foi novamente responsável belo projeto gráfico e editoração cuidadosa do material, que, mais uma vez, inclui uma exposição de novos trabalhos do artista visual João Lin. Atualizamos o estilo da capa, que, neste ano, foi criada também pelo Prof. Alexandre utilizando uma imagem de um mosaico abstrato criado pela mosaicista Eunice Ferreira.

Algumas palavras de nossa apresentação:

A preparação de nosso – agora consolidado – e-book anual é um grande prazer para nós da linha TICPE. Nosso trabalho é artesanal: conduzimos todo o processo nós mesmos, com muito entusiasmo, em um grande mosaico de pesquisadores, orientandos, seus textos e, também, artistas e suas encantadoras obras de arte. Cuidamos desde a seleção dos textos, revisão técnica e diagramação até a disponibilização e disseminação via redes digitais, o que atesta nosso comprometimento com a pesquisa e, acima de tudo, nosso profundo respeito pelo diálogo e cooperação.

Em parte, são as próprias TIC, instrumentos de alta tecnologia, que possibilitam esta empreitada artesanal: das ferramentas livremente disponíveis que utilizamos às plataformas de redes sociais que apoiam nossas redes de contatos. No entanto, mais importante do que artefatos, julgamos que são, de fato, o talento, as habilidades e o comprometimento de todos que contribuem para o processo, incluindo nossos pareceristas e Conselho Científico, o que nos possibilita levar às suas mãos, anualmente, esta coletânea.

O volume inclui, também, uma homenagem personalíssima de Luis Zorraquino, companheiro de nossa saudosa Estrella Bohadana, a quem dedicamos a obra:

A produção deste volume 4 (…) foi marcada pela perda irreparável que sofremos em maio deste ano: a de nossa colega, companheira de aventuras intelectuais e amiga, Estrella Bohadana. Estrella era a única componente original do grupo TICPE, criado em 2000, e uma das responsáveis pela idealização e concretização do volume que deu origem à série. (…)

Agradecemos ao Luis por compartilhar sua perspectiva tão pessoal conosco e com os nossos leitores, e dedicamos o Educação e tecnologia: parcerias. Volume 4 à Estrella.

Agradecemos a todos que contribuíram das mais diversas formas, em particular, os autores, pareceristas e membros do Conselho Científico. Somos, também, muito gratos ao João por sua enorme generosidade em compartilhar, primeiramente conosco e, obviamente, com nossos leitores, seus delicados trabalhos.

Clique aqui para baixar o volume completo.

Clique aqui para baixar o cartaz de divulgação do trabalho (com QR Code).

Clique aqui para acessar a página com links para todos os volumes da série.

 

Livro sobre usos do Facebook na Educação disponível no Scielo

Acaba de ser disponibilizado no Scielo Livros o volume Facebook e educação: publicar, curtir, compartilhar, organizado por Edméa Santos e Cristiane Porto e publicado pela Editora da Universidade Estadual da Paraíba. A obra, lançada em impresso no ano passado, está agora disponível aberta e livremente, e pode ser baixada na íntegra em formato pdf ou ePub, ou em capítulos.

Organizado em duas partes, o livro reúne contribuições de pesquisadores e especialistas do Brasil e de Portugal, que examinam diferentes aspectos da integração desta plataforma de redes sociais em contextos educacionais. Inclui um capítulo escrito por mim e pela nossa saudosa Estrella Bohadana.

Ficam aqui os parabéns da TICPE às colegas organizadoras por mais uma bela conquista!

Clique aqui para baixar o livro completo em pdf.

Clique aqui para baixar o livro completo em ePub.

Clique aqui para baixar o livro em capítulos.

Clique aqui para baixar o capítulo Possibilidades e desafios do uso do Facebook na educação: três eixos temáticos”, por Giselle Ferreira e Estrella Bohadana.

A EaD a partir de um olhar Freiriano: entrevista sobre tese de doutorado

Foi publicada na semana passada uma entrevista com a Profa. Jaciara de Sá Carvalho, a mais recente integrante do grupo TICPE, sobre sua tese de doutorado, conduzida e defendida na Faculdade de Educação da USP. Veja o resumo do trabalho:

Esta tese foi motivada por desconfianças quanto à possibilidade de uma Educação emancipadora ser atendida pela modalidade a distância. O trabalho situa a problemática na perspectiva de Educação que orienta o ensino-aprendizagem e não na modalidade em si. E discute condições e desafios para uma Educação emancipadora a distância tendo como recorte a formação para a cidadania, uma das finalidades da Educação de acordo com a Constituição Federal (BRASIL, 1988) e a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (BRASIL, 1996). A formação para a cidadania foi adotada como expressão-chave para a discussão de uma Educação cidadã, comprometida com a formação humana e a construção de novas realidades, contra sua subordinação a fins instrumentais, de caráter utilitário. A investigação, desenvolvida sob uma perspectiva crítica, está fundamentada na filosofia e teoria de conhecimento do educador Paulo Freire, reconhecido em diversos países por suas contribuições para uma Educação democrática e libertadora. O percurso bibliográfico aborda 1) cidadania, pela questão dos direitos, deveres e participação ativa em sociedade, a partir de Freire e sob o paradigma da planetaridade; 2) Educação cidadã, que tem como premissa o compromisso com o processo de conscientização (FREIRE, 1979) pelos sujeitos e exige condições para sua realização, mapeadas em obras de Freire e na experiência do movimento Escola Cidadã; 3) teorias de Educação a Distância, observando questões referentes à autonomia e ao diálogo pelos sujeitos, assim como à estrutura/organização das formações, para identificar a abordagem construtivista crítica em rede como a mais adequada para uma Educação cidadã a distância. Também foram entrevistados oito professores-pesquisadores da modalidade e/ou da inter-relação Educação e tecnologias do Brasil, Portugal e Venezuela. Estes diálogos, relacionados à pesquisa bibliográfica, resultaram em seis condições para uma Educação cidadã a distância, comprometida com a conscientização pelos sujeitos e a construção de uma sociedade de caráter planetário.

Pensar a EaD em função da Educação e não como “modalidade” é consistente com o direcionamento que tentamos dar a nossos trabalhos em torno da temática. É, também, consistente com o lindo artigo co-escrito por Lilian do Valle e nossa saudosa Estrella Bohadana: “Sobre presença e distância: reflexões filosóficas sobre educação virtual” – In: Mill, D.; Maciel, C. (2012) EaD: elementos para pensar o ensino-aprendizagem contemporâneo. Cuiabá: Universidade Federal de mato Grosso, 2013, p. 37-58.

Clique aqui para visualizar a entrevista.

Clique aqui para acessar a página da USP relativa à tese ou aqui para baixar a tese completa.

Educação e Tecnologia: Parcerias 3.0 em destaque

Com muita alegria comunicamos que nosso e-book Educação e tecnologia: parcerias 3.0 é um dos recomendados pelo site do Porvir

 A tecnologia sozinha não faz nada. Quando o assunto é educação, provavelmente você já deve ter ouvido essa frase. Do que adiantam projeções, computadores, tablets e smartphones se a didática permanece a mesma? Para explorar estratégias que promovem um uso eficiente da tecnologia na educação, o Porvir separou uma lista de e-books gratuitos que apresentam diferentes alternativas para os educadores.

Nosso e-book:

Educação e tecnologia: parcerias 3.0 Com 12 capítulos, o e-book apresenta pesquisas sobre educação e tecnologia conduzidas em instituições públicas e privadas de todo o país. Organizado pela universidade Estácio, o material apresenta diversos temas como uso de Recursos Educacionais Abertos, didática na sala de aula virtual, redes de aprendizagem online e a utilização do computador por alunos e professores.

Confira em: